Tag Archives: ácido tioglicólico

Estrutura do cabelo – parte 3 – pontes de S (enxofre)

4 out

Bem como ligações de hidrogénio e ligações de sal, há uma terceira forma de ligação que ajuda a manter a estrutura terciária da queratina no lugar – estamos falando da ligação enxofre-enxofre. As pontes de S (enxofre).

Veja a estrutura do aminoácido cisteína:

Você vai ver que sua cadeia lateral tem um grupo H-S. Em certas circunstâncias, duas moléculas de cisteína pode ligar-se pela formação de uma ligação(ponte) S-S entre estes dois grupos H-S. Estas ligações S-S são freqüentemente chamados de pontes dissulfeto.
O resultado do ácido “duplo” amino é chamado de cistina. (Tome cuidado, os dois nomes são similares, cisteína, cistina). Na formação da ligação S-S envolve a remoção de dois átomos de hidrogênio e por isso é um processo de oxidação e requer um agente oxidante….mmm..já ouviram que um oxidante é usado no processo de alisamento ne? Exatamente!

Ligações S-S são relativamente ligações fracas  covalentes (ligação de energia 266 kJ mol-1 comparados com 347 kJ mol-1 para a C-C e 413 kJ mol-1 para C-H). No entanto, eles são muito mais fortes do que as ligações de hidrogénio e pode contribuir significativamente para a realização das estruturas secundária e terciária de proteínas.
A queratina do cabelo tem um número excepcionalmente elevado de cisteína em sua estrutura e as ligações de enxofre-enxofre são altamente significativos. Assim, a chave para a ação química está em quebrar as ligações de S-S, utilizando um agente de redução adequado.
Um exemplo de reagente é o ácido tioglicólico. Ácido tioglicólico é um reagente usado para quebrar as ligações S-S em cistina e  usado em uma solução alcalina, ou seja, usado em ph alto. Esse negócio de usar ph alcalino no cabelo é o ohhh…ruim ruim! enfraquece o cabelo, deixando-o ressecado.

Estudos mostram que 63% de ligações S-S tinham sido quebradas após 30 minutos de imersão em uma solução de ammonium thioglycollate com  a pH 7,5.

A tabela 1 mostra as taxas relativas de reação de tioglicolato de amónio no cabelo com valores de pH. Isso significa que quanto mais alcalino o meio (solução) melhor é para quebrar as pontes de enxofre.

beijus moleculares e até a última parte do post ESTRUTURA DE CABELO!!

A estrutura do cabelo – parte 2

3 out

CLASSIFICAÇÃO DOS AMINOÁCIDOS QUANTO ÀS PROPRIEDADES FUNCIONAIS – neutro, ácido ou básico??

Na Parte 1 eu havia falado para vocês que na parte 2 eu explicaria como identificar as cadeias laterais (os grupos R) dos aminoácidos que são ácidos ou básicos, aí vamos nós!
Os aminoácidos podem apresentar caráter neutro, ácido ou básico.

Aminoácido neutro (serina, a treonina, a tirosina, a glutamina, e a asparagina):

– possui número de radicais carboxila igual ao número de radicais amino.

Aminoácido ácido (ácido glutâmico e o ácido aspártico):

– possui número de radicais carboxila maior que o número de radicais amino.

Aminoácido básico (histidina, a lisina e a arginina):

– possui número de radicais carboxila menor que o número de radicais amino.

Dois aminoácidos podem se ligar  com a perda de uma molécula de água a partir de do -COOH de um aminoácido e do grupo-NH2 do outro, como mostrado na Figura abaixo:


A molécula resultante, chamado de dipeptídeo, tem ainda um grupo -NH2 em uma extremidade e um grupo -COOH na outra, podem ocorrer reacções semelhantes com outros aminoácidos para formar tri-, tetra- e pentapeptidos.

Cadeias peptídicas contendo mais de 50 aminoácidos de comprimento são geralmente chamadas de proteínas.

A Queratina do cabelo, assim como todas as outras proteínas, consiste em cadeias de muitos aminoácidos ligados entre si por ligações de amida (péptidio) . A ordem destes aminoácidos ao longo da cadeia é chamada de estrutura primária da proteína e forma as 3 letras  dos aminoácidos, por exemplo, -Gly -Ala cys -gln -glu -lys -asp, entre outras.

Proteínas pode ser constituídas por milhares de aminoácidos.
A Queratina do cabelo tem uma proporção de até 14% do aminoácido cisteína (Cys). Veremos em breve que isto é altamente significativo no que diz respeito às propriedades do cabelo.

Nos próximo tópicos da Parte 3 e 4 veremos o ácido tioglicólico e a quebra das ligações S-S…mmm…e você já deve ter ligo que quebra das ligações de Enxofre podem causar o alisamento dos cabelos ne?

Beijus moleculares a todas(os)!

Re.